Boca Juniors sofre mas garante vaga na final do Mundial

RIO – A partida contra o Etoile du Sahel foi muito mais complicada do que qualquer torcedor do Boca Juniors poderia imaginar. Mas, usando sua maior qualidade técnica, o time argentino venceu a equipe tunisiana por 1 a 0 no Estádio Nacional de Tóquio e garantiu vaga na final do Mundial de Clubes do Japão, domingo. O adversário sai da partida entre Milan, da Itália, e Urawa Red Diamonds, do Japão, que terá transmissão do GLOBO ONLINE em tempo real a partir das 8h30.

Lutando para se tornar a primeira equipe a conquistar quatro títulos mundiais, o Boca Juniors não teve vida fácil contra o Etoile. Apesar de ter tomado conta do jogo, demorou a conseguir furar o bloqueio adversário no primeiro tempo. Com apenas um jogador no ataque, o time da Tunísia se entrincheirou no campo de defesa até sofrer o gol, que saiu aos 36 minutos. Palermo roubou bola na intermediária e com um giro rápido encontrou Palácio aberto na ponta esquerda. O habilidoso atacante fez boa jogada e deu passe perfeito para Cardozo chutar na pequena área.

O Etoile voltou mais ofensivo para o segundo tempo e o jogo ficou aberto, principalmente após a expulsão do argentino Vargas. Mas faltou talento aos tunisianos para chegar ao gol e a melhor chance dos africanos veio com o brasileiro Gilson Silva, que quase marcou de cabeça aos 43 minutos. O Boca teve um pênalti não marcado aos 34, quando Gonzalez sofreu falta violenta na grande área mas o árbitro mandou o lance seguir.

Boca Juniors 1 x 0 Etoile du Sahel

Estádio: Nacional, Tóquio

Árbitro: Claus Bo Hansen (DIN), auxiliado por Henrik Sonderby (DIN) e Bill Hansen (DIN)

Cartões amarelos: Gharbi, Meriah e Ghezal (ETO); Battaglia e Palermo (BOC)Cartão vermelho: Vargas (BOC)

Gol: Neri Cardozo, aos 36 minutos do primeiro tempo

Etoile du Sahel: Balbouli, Frej, Ghezal, Falhi e Meriah; Ogunbiyi (Gharbi), Narry, Sacko (Ben Dhifallah), Traoui (Gilson Silva) e Nafkha; Chermiti. Técnico: Bertrand Marchand.

Boca Juniors: Caranta, Ibarra, Maidana, Paletta e Morel Rodríguez; Battaglia, Vargas, Banega (Ledesma) e Neri Cardozo (González); Palacio (Boselli) e Palermo. Técnico: Miguel Ángel Russo.

Uma resposta para Boca Juniors sofre mas garante vaga na final do Mundial

  1. amine disse:

    etoile du sahel is the best

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: