Nos oitavos em 1ª classe

Antes das causas, a boa consequência: o FC Porto acabou a fase de grupos da Liga dos Campeões no primeiro do lugar, o que dá prestígio, ajuda a acumular milhões e fica bem ao único português a consegui-lo a este nível. São precisos mais de 10 anos para encontrar tamanha façanha no historial portista. Menos demorada é a viagem para recordar os momentos do jogo que o FC Porto, em princípio, não precisava de ganhar, mas que cedo passou a estar obrigado a vencer. Pelo prestígio, pelos milhões e pela tranquilidade. Aos quatro minutos o quadro electrónico do Estádio do Dragão anunciou o primeiro golo do Liverpool em Marselha. O FC Porto mantinha-se na Champions, mas descera para o segundo lugar. Ainda assim, não era esse o maior dos problemas dos dragões, incompreensivelmente prisioneiros da falta de ambição do Besiktas. Para quem necessitava de vencer, a equipa turca ficou pelo discurso de ataque, defendendo, na prática, com todos os jogadores atrás da bola e escorada num meio-campo de quatro unidades em que apenas Delgado jogava para a frente. Olhando para a frente o FC Porto confrontava-se com duas barreiras defensivas do Besiktas. Não era suposto ser assim, e por isso o FC Porto, que até começou a atacar, decidiu ser paciente, esperando que a necessidade turca os levasse a cometer a “ousadia” de atacar. O FC Porto gosta de ter espaço e não o estava a ter num jogo que se ia perdendo num género de mini-campeonato de passes perdidos, aqui e acolá abalado pelas iniciativas de Bosingwa, Quaresma e Tarik. Como o Besiktas continuou a não mexer uma palha, o FC Porto perdeu a paciência quando o adversário fazia contas ao que podia fazer na segunda parte com o 0-0. Acelerou uma, duas, três vezes nos últimos cinco minutos e e isso foi suficiente para cavar a primeira vantagem no marcador. Lucho “chutou” para golo e levou o FC Porto para o topo da classificação. O jogo nunca mais seria o mesmo, até porque na segunda parte o Besiktas foi, finalmente, o tipo de adversário que os portistas mais desejavam e porque fez questão de regressar veloz, pressionante e atacante para a segunda parte. Com os turcos a mostrarem-se incapazes de tapar as “fissuras” que iam-se abrindo na sua defesa, aconteceu o que se esperava: por volta do primeiro quarto de hora da segunda parte, Quaresma, que já em Istambul desfizera a intenção turca de não perder, fez o gosto ao pé direito. Perante o 2-0, o adversário nunca mais se levantou e o FC Porto passou então a gerir o jogo e os jogadores ao ponto de ter sido possível substituir Fucile e Lucho por razões meramente físicas. E sem que nada mudasse até ao apito final que marcou o triunfo absoluto do FC Porto num grupo em que o Liverpool foi segundo, apesar de ter marcado 17 golos…

FC Porto 2 – Besiktas 0

Estádio do Dragão, Porto
relvado bom estado
39508 espectadores
Peter Frojdfeldt [Suécia]
Henrik Andren + Fredrik Nilsson
Daniel Stalhammar

FC Porto
treinador Jesualdo Ferreira
1 |Helton GR
12 |Bosingwa LD
2 |Bruno Alves DC
3 |Pedro Emanuel DC
13 |Fucile LE a 74′
6 |Paulo Assunção MD
16 |Raul Meireles MO
8 |Lucho MO a 81′
17 |Tarik AD a 73′
7 |Quaresma AE
9 |Lisandro AV

33 |Nuno GR
14 |João Paulo DC
5 |Cech LE d 74′
18 |Bolatti MD d 81′
11 |Mariano Gonzalez AD
28 |Adriano AV
23 |Hélder Postiga AV d 73′

GOLOS
1-0|44′ Lucho González
2-0|62′ Quaresma

Amarelos
23′ Quaresma

VERMELHOS
Nada a assinalar

Besiktas
treinador Ertugrul Saglam
1 |Rustu GR
22 |Tandogan LD
58 |Toraman DC
8 |Mercimek DC
19 |Uzulmez LE
18 |Cissé MD
7 |Yilmaz MO a INT
10 |Delgado MO
21 |Ozkan AD
13 |Bobo AV
14 |Tello AE a 84′

84 |Arikan GR
2 | Kurtulus LD
78 |Kas DC
3 |Sedef LE
41 |Avci MO
55 |Akin MO d INT
9 |Higuain AV d 84′
Amarelos
44′ Rustu |64′ Bobo | 87′ Akin
VERMELHOS
Nada a assinalar

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: