Afago de até US$ 1 bi

Com a promessa de investimentos de até US$ 1 bilhão, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou que o Brasil e a Bolívia iniciam “uma nova fase em suas relações”, estremecidas com a nacionalização dos ativos da Petrobras no país, há um ano e meio. Em cerimônia para a assinatura de nove acordos de cooperação, Lula e o presidente boliviano, Evo Morales, trocaram afagos e se comprometeram a aprofundar a integração entre os dois países. Em seu discurso, o presidente brasileiro defendeu sua atuação após a tomada das unidades da Petrobras. “Esses acordos respondem àqueles que pregavam o distanciamento, o congelamento das relações”, afirmou Lula.
A nova fase de relações inclui a retomada dos estudos para a construção de um pólo gasoquímico no país vizinho. Projeto semelhante vinha sendo tocado por Petrobras, Braskem e a espanhola Repsol no início da década, mas foi suspenso após a nacionalização do mercado boliviano de petróleo e gás. Agora, a Braskem terá como parceira a estatal local YPFB. “É o primeiro projeto de industrialização do gás boliviano”, comemorou o presidente Evo Morales, citando uma das principais bandeiras de seu governo. O pólo exigirá aporte de US$ 1 bilhão.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: